Direto da caixa de comentários…

… do LLL:

“Christianity: The belief that some cosmic Jewish Zombie can make you live forever if you symbolically eat his flesh and telepathically tell him that you accept him as your master, so he can remove an evil force from your soul that is present in humanity because a rib-woman was convinced by a talking snake to eat from a magical tree. Makes perfect sense.”

*******************************

Genial. Porque a rigor é isso mesmo.

(E o autor é esse cara aqui.)

Advertisements

15 Comments

Filed under Uncategorized

15 responses to “Direto da caixa de comentários…

  1. Edu

    PEEEERFEITO!!! 🙂

  2. arthur

    Love it, will copy and use it.

  3. mari

    esse cara é bom!

  4. 🙂
    muito bom!

    claro que meio injusto. Acho que em todas as mitologias alguma redução assim seria possível.

  5. “and telepathically tell him that you accept him as your master”, gente, isso é demais! Adoguei. E você, sua ingrata, claro que tá lá no meu coiso de blogs amigos. Ora, ora. Só que o negócio é calouro e anda mucho loco. Deve ser isso. Vai lá ver. Ingrata.

  6. Su

    Achei engraçadinho mas concordo com o Thanatos: se reduzirmos ao tom “óbvio”, todas as mitologias soam bizarras. E olha que vamos achar outras bem mais estranhas do que essa. Mas eu sou suspeita pra defender, né? 🙂
    Beijo!

  7. sim, su! concordo com vocês também. a idéia é essa mesmo, acho. a de que uma mitologia não é intrisecamente superior à outra (estou falando o óbvio para uma ‘expert’ no assunto, mas tudo bem…). o problema não está na mitologia em si, mas naquilo que fazemos com ela.

  8. ah certamente…
    pq em matéria de fazer o cristianismo é bem mais que dizer telepaticamente…
    na verdade, isso é o menos importante… o que importa é dizer isso publicamente ao estar na missa todo domingo, e então estamos no domínio das coisas que as pessoas fazem para serem aceitas socialmente, que engloba possivelmente todas as ações humanas 🙂

  9. olha, F., eu pensei mais em termos das opressões e injustiças que as pessoas cometem em nome das ‘mitologias’ (aka ‘religiões’). o cristianismo é uma mitologia que se impôs pela força mais do que todas (digo, no ocidente), talvez, e por isso precisa ser desconstruída. pra que fique claro que ela é tão frágil em seus fundamentos quanto todas as outras. bjs

  10. ehheheh
    frágil em seus fundamentos soou bem engraçado.
    Porque realmente, a maior parte dos cristãos deve ter isso como fundamento ao invés do pensamento de amor e compaixão, que talvez tenha sido realmente o fundamento que se quis colocar.

    a bizarrice dos homens, mais fácil crer na historinha esdrúxula do que nas coisas reais. Mais debate há tentando dizer se uma mulher era virgem ou não do que nela tinha a dizer, e por aí vai…

  11. Su

    Cris, a perspectiva colocada em termos de opressões e injustiças é bem interessante. Mas eu pessoalmente não levo adiante esse tipo de noção por temer que se faça o mais fácil: jogar fora a água do banho e o bebê juntos. Negar os dogmas ou refutar as mitologias não pode estar vinculada à mensagem principal (de amor e compaixão, como o Thanatos colocou). Eu pessoalmente busco focar muito mais na “essência” da mensagem do que nos penduricalhos (credo, que termo horroroso). Ai, eu adoro esse tipo de discussão?! Juro que um dia vou abrir um blog sobre discussões sobre religiões. O único problema é que vou conversar sozinha… ahahahahaha.
    Beijos, linda! O tronco me espera.

  12. Su

    deusolivre, meu português cada dia mais dói… affff.

  13. su, linda! eu também adoro essas discussões. se fizeres o blog, prometo que serei leitora fiel, hehehe. bom, você usou uma palavra aí que me causa arrepios: essência. sei que ela foi usada no seu sentido ‘lato’, mas mesmo assim, uma wittgensteiniana não brinca com essas coisas, hehehe. eu parto do princípio que todas as mitologias são construções linguísticas. ou jogos de linguagem, como wittgenstein denomina. e daí resultam muitas coisas, nenhuma delas prevista nos catecismos religiosos, todos tão apressados em afirmar ‘verdades’ eternas… bom, essa discussão é looonngaaaa. um dia a gente senta e conversa. beijos!!!

  14. Su

    Definitivamente, eu vou ter que ler esse cara… interessante saber de outras áreas analisando a mesma coisa, a discussão é ótima mesmo! Bom, mas como a visita já tá marcada, então… é só aguardar. Sorte aí! 🙂 Beijos, querida.

  15. Não sou o autor não, Cris… encontrei isso por aí na internet. Tanto que fiz questão de escrever em inglês mesmo que foi como encontrei…

    Beijos do Ale.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s