Prazer, meu nome é Chita

Ontem fiquei sabendo mais uma coisa (assustadora) sobre uma jovem senhorinha que estará na minha banca.

Além de tida como super-rigorosa, a dita-cuja costuma desancar com seus orientandos – nesse caso orientandas – que apresentem um visual muito arrumado. Segundo ela, doutoranda que se preze não pode fazer unha, nem pintar o cabelo, nem andar de roupa féxion. Porque, afinal, você é uma monja a serviço da causa acadêmica. Seu objeto de culto é a tese e é por ela que você vive. Por aí acabei concluindo que depilação também deve ser considerado algo supérfluo.

Segundo um amigo meu, eu tenho que chegar na defesa com as minhas lindas olheiras em estado crítico e ostentando um penteado assim ‘botei-a-cabeça-pra-fora-do-ônibus’. Ou seja, quanto mais baranga melhor.

Acho que vou ter que me transformar na versão moderna da mulher-gorila. Me aguardem.

Advertisements

7 Comments

Filed under Uncategorized

7 responses to “Prazer, meu nome é Chita

  1. Faça isso. Tudo pela causa.

    Mas eu juro que essas bizarrices da vida acadêmica até hoje me espantam.

  2. ah, e você pensa que eu não me espanto? na verdade, eu nem preciso fazer muita força, ó: unha eu não faço mais (por falta de grana e por não encontrar manicure que preste), cabelo eu nunca pintei e só corto agora de 3 em 3 meses, olheiras eu já tenho naturalmente. quer dizer, só falta jogar a gilete fora, porque cera eu também já não uso mais. que horror. depois desse processo, minha vida amorosa será reduzida a zero.

    🙂

  3. Arthur

    Minha cunhada está quase ganhando uma orientadora deste naipe, nestas horas vejo que tive sorte com o meu antigo orientador.

  4. Daqui há pouco ela vai exigir q os orientandos não tomem banho antes da defesa. Aff

  5. Ah, mas eu ia de esmaltão vermelho no pé e nas mãos. Ou preto. Sério. Vexame é o da senhorinha se fizer qualquer comentário.

  6. putz, q coisa bizarra.
    mata ela.
    bjs

  7. ju, bem pensado. me ajuda?

    hahahahaha, tina, ela não vai fazer, não na hora da defesa. mas pode querer dificultar a vida da doutoranda ‘arrumadinha’, sabe. como se quem não pintasse a unha fosse mais ’tiligente’. vou anotar tua sugestão.

    karol: isso que você falou faz o maior sentido, rs.

    thur, coitada dela.

    bjs, galera.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s