Fluxo de consciência

Hora do intervalo, papo rolando numa das mesas da sala de professores (a qual, aliás, diga-se de passagem, tem um sofá de couro enorme e bem confortável. Quem vai se animar a dar aulas desse jeito?).

Assunto: o filme da Sophia Coppola, ‘Encontros e desencontros‘. Não sei porque se começou a falar disso. Mas, o fato é que, ali, ninguém gostava do filme, exceto euzinha. Eu gosto tanto, mas tanto que comprei o DVD e uso nas minhas aulas. Aquela cena inicial, com o Bill Murray chegando ao hotel, é ótima pra alunos do básico. E aquela do estúdio, com o diretor falando um monte e a intérprete dizendo uma mísera frase pra ele é uma aula sobre linguagem e tradução. Nem vou discutir as polêmicas qualidades (ou falta de) do filme. Só acho que para professores de língua estrangeira ele é, no mínimo, interessante. Mas isso eu não disse. Falei só que adorava o filme e que o tinha na minha estante.

Acho que nem me escutaram tal foi a avalanche de ‘chato’, ‘que saco’, ‘bom pra dormir’ e outros epítetos elogiosos que rolaram depois.

Acho que posso prever grandes momentos de monólogo interior que virão daqui pra frente. Eu e eu mesma na sala dos professores. Deitada no sofazão.

Advertisements

8 Comments

Filed under Uncategorized

8 responses to “Fluxo de consciência

  1. Arthur

    Se te conforta, eu também gosto de Encontros e Desencontros e na verdade dos outros filmes da Sophia Coppola.

  2. Eu também gosto. E só eu, dos que conheço pessoalmente. E você. Sabe minha parte preferida? Quando o Bill conta pra Scarlett o que sentiu quando teve o primeiro filho. Já não gosto daquela história da cor do chão do escritório, coisa assim, acho forçada. Casamento é um troço já tão chato, não precisa se esforçar tanto. Em compensação, amore, não me fale daquele filme que ele fez em seguida, com Magnólia ou outra flor no título. Aquilo acho um porre.

  3. se tem coisa mais linda na vida do que o “bill” bêbado cantando more than this esqueceram de me dizer. eu não gosto do filme, eu amo o filme. acho lindo, gostoso, engraçado, espirituoso e tudo…
    *
    *
    eu gosto de todos os filmes dela, aliás. eu bem gosto.
    assim como gosto de quase tudo o que os outros acham um saco.
    uoooou. eu sou uma freak.

  4. ai, que legal. eu tenho uma turma. u-hu! freaks do mundo, uni-vos! 🙂 besos

  5. madoka otsuka

    O filme é bom, muito bom. Mas pra ´academia´, duvido algum professor/doutor passar esse filme para seus alunos… já tive que ver uma porrada de filmes na faculdade, cada filme chato, denso, extenso, tínhamos que ver, para depois analisar, debater, enfim…tudo vale a pena…
    é isso, sayonara

  6. Eu adoro esse filme. Vi duas vezes no cinema. Nossa, adoro. Acho-o leve, doce, engraçado, triste. Tudo junto. Como assim tem gente não gosta? Gente, mesmo? Bípedes? Com telencéfaloaltamentedesenvolvido e polegar opositor? Nunca encontrei um desses na frente, não.

    bjos

  7. Quase comprei esse filme uma vez. Tava vendendo nas Lojas Americanas… 😡 Mas encontrei Trainspotting e resolvi comprar este.
    Ah, Cris, liga não… é que nem quando eu falo que gosto de Sidney Sheldon, fica todo mundo dizendo: “ai, isso não é literatura!” Deixa pra lá mesmo! O que é bom pra você, é bom pra você e pronto.

    Beijos 🙂

  8. hahahaha, stella, mas eu não ligo não. não é que eu queira pagar de ‘diferente’, mas as coisas de que eu gosto, em geral, não agradam meus colegas de trabalho, com raríssimas excessões. já me acostumei.

    aline, tem mais bípedes assim do que supõe nossa vã filosofia, rs.

    madoka, eu nem passo o filme todo, só umas partes. se eles gostam, eu digo pra pegar na locadora e ver em casa. beijo!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s