Mothers

Tava lendo o jornal hoje quando dei de cara com essa notícia. Não sei se será algo inédito aqui na província brasilis, mas espero que elas consigam. Porque é preciso quebrar certos parâmetros. Mostrar que o ‘ideal’ de família hétero não é – nem nunca foi – a única possibilidade. E porque há questões legais, que envolvem o futuro das crianças. Não é uma questão de idéias, mas de vida, como o Milk fala no filme. Há tanta coisa, na verdade. Eu não sou a melhor pessoa pra escrever sobre isso. Mas vou ficar na torcida pelas meninas. Pelas meninas e pela diminuição do nível de caretice no mundo.

Advertisements

4 Comments

Filed under Uncategorized

4 responses to “Mothers

  1. Falando em jornal, você leu a matéria de capa da revista O Globo?
    Fiquei com vontade de abrir uma escola primária no Leblon, arranjar um companheiro de toda a vida e ficar famoso depois de morto, quando todos estiverem lutando por minha fortuna!

  2. hahahaha, li sim. que foi aquilo, né? mó bafão. e olha que a dona lá deixou tudo escrito em detalhes no testamento. imagina se não tivesse deixado!

  3. oxalá.
    será que os critérios para adoção mudam depois disso?

  4. eu acho que um dia muda. o problema é que tudo é muito demorado e sofrido. mas eu ainda não virei cética. bjs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s