Às moscas

A quitanda tá mais parada que olho de vidro [lembrei de você, Tina!] e a quitandeira tá numa preguiça monstruosa. Estou de semi-férias, povo. Amanhã ainda me jogo pro Ridejanêro pra dar uma mísera prova e volto. Ando fazendo muito o que gosto de fazer, ou seja, nada. Fico aqui paradinha na frente do note tentando retomar o raciocínio da tese de onde parei há dez dias atrás. Convenhamos que não é nada fácil. Tenho conversado muito no MSN e tuitado mais ainda. Porque eu preciso de oxigênio pra poder produzir. Então hoje parece que a coisa engrena. À tarde vou ver Budapeste com uma amiga, sábado tenho um ‘queijos-e-vinhos’ que meus alunos adultos organizaram e recebi dois convites pra tomar chopp no final de semana. Minha vida social até que não vai mal, né não? Tem também chopp dos cariocas tuiteiros, (des)organizado pela Haline, mas esse parece que vai demorar a sair. No mais, minha gente, é isso aí. Preciso tomar sol e voltar a fazer coisas de gente normal. Como sexo, por exemplo.

*******************************************

Lembrando de quando eu tinha uma vidinha mais agitada, achei essas fotos aí. Escaneadas, claro, que naquele ano [2002] eu nem tinha ideia de que câmera digital pudesse vir a existir. Foi uma caminhada que eu fiz de 3 dias, entre São Paulo e Rio de Janeiro, juntamente com meu grupo de tai chi chuan [sim, eu já fui uma pessoa melhor nessa vida]. Começou em São José do Barreiro, SP, e terminou em Angra dos Reis. Fizemos o Caminho do Ouro, que era por onde se escoavam os metais preciosos do Brasil para Portugal. Muito pé na lama, mosquitos, chuva e escuridão perdidos no meio do mato, cachaça, comida da roça e banho de rio. Será que um dia eu faço algo parecido com isso de novo? Nem precisava tanto, uma subida à Pedra da Gávea já me deixaria mais que feliz.

todas as fotos 046

todas as fotos 043

todas as fotos 042

Advertisements

6 Comments

Filed under Uncategorized

6 responses to “Às moscas

  1. Estou chocada com as fotos. Vc sem sapato de boneca ou sandalinha. Nunca vou entender por que alguém que tem PRAIA na porta de casa vai pro MATO. Sinceramente.

  2. tina, nessa época eu ainda não havia descoberto os sapatinhos com laçarotes. nem batom eu usava, acredita? e quanto à coisa do mato, é fetiche. a gente tem praia e reclama da areia, dos farofeiros, da camada de ozônio e inventa que ‘temdensya’ é subir a serra, de preferência no frio, pra bater queixo [fez -5º ontem em um lugar do rio!!] vai entender, né. 😛

  3. cara, eu nuuuuuuunca vou encarar uma caminhada dessas, só se for pra me ver mortinha no final [ou antes disso].
    bjs

  4. Adoro o espírito aventureiro dos outros. Já me satisfaz. Nem preciso ir. rs Olha, não precisamos esperar o “chopp rio” pra tomar um chopp né? Essa semana to um pouco enrolada pq minha cachorrinha foi castrada, mas de repente no findi ou na semana que vem. Que tals? Qto ao msn, ce acredita que de tanto abandono eu não consigo mais entrar? Vou resolver isso e nos falamos. Bjobjo

  5. Estava lendo uma dissertação sobre pragmatismo em ciência da informação e eis q apareceu seu amigo Wittgenstein! Na hora lembrei super de vc. Uma pena q não entendi nadica de nada do trabalho. Preciso de um cérebro novo hehe

    Ai, eu não sou fã de trilhas pq tenho medo de aranha, mas tai chi é super.
    Um beijomm

  6. Ah, claro que vai fazer isso de novo um dia! “Temos todo o tempo do mundo”, não é assim? 🙂
    Uma vontade louca que eu tenho é um dia fazer o Caminho de Santiago. Mas tá mais pra sonho mesmo.

    Boa sorte com a tese, Cris…
    E quando assistir Budapeste, diz se é bom. Porque eu ia assistir ontem, mas acabei desistindo por causa do horário. Então, terei que tentar baixar na internet. 😛

    Beijos!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s