Aqui também é bom lugar de se viver

Gente, eu adoro isso. Não sei se é rock progressivo [que eu de-tes-to], mas até hoje sou capaz de cantar levantando as mãozinhas e balançando pra lá e pra cá. Nos shows do Flávio Venturini [é, eu sou o tipo de pessoa que vai aos shows do Flávio Venturini], essa é a música que eu mais gosto, é a que eu torço pra ouvir no bis and again and again. Eu passei a adolescência ouvindo isso, eu e a minha irmã Dedéia. A gente tinha o vinil, o que nos fazia sentir super-importantes, saca? Essa música pra mim é uma viagem sideral. Por que eu lembrei disso? Porque onde eu trabalho, de vez em quando, eu sou surpreendida por ela. Piano e flautas assim, durante a tarde, tocando ‘Planeta Terra’, é qualquer coisa. E eu amo.

*********************************************

O pior é que eu entro em transe e saio cantando, no meio da aula. Qualquer dia vão me dar licença, por ‘excesso de trabalho’. Onde já se viu, professor ‘feliz’? Pois é.

*********************************************

Mas preciso deixar claro aqui que dispenso o solo de guitarra do final. Gente, guitarra e bateria não foram feitos pra solo, será que ninguém vai entender isso nunca? Poxa.

Advertisements

5 Comments

Filed under Uncategorized

5 responses to “Aqui também é bom lugar de se viver

  1. madoka

    Cris,
    Somos da mesma geração rs. Eu, irmã e amiga éramos fissuradas no 14 Bis, fãs de carteirinha, autógrafo e tudo mais que tinha direito. Caramba, faz séculos que eu não ouvia mais nada deles. Que coisa boa vc ter colocado isso aí menina. Não vi o Vermelho e nem o Magrão no vídeo. O Cláudio Venturini, que gracinha. Nem me fale no Flávio.
    Como assim guitarra e batera não ser feito pra solo?
    bj

  2. hhahahahaha, madoka, esse lance dos solos é implicância minha. acho solos de guitarra muito chatos e aqueles de rock progressivo, que duram até meia hora, então, nossa… eu até durmo, rs. eu a-mo 14 bis e essa cambada toda. nos shows do flávio venturini vamos eu e filho, porque ele também adora. é engraçado, aquele monte de quarentão na platéia com os filhotes juntos. bjs!

  3. se colocar toda a turma (que na minha cabeça é : beto guedes, 14 bis, aquele do planeta água que esqueci o nome, sabe? do piano? eu adoro ele e mais os outros clubes da esquina) eu sou capaz de chorar um ganges.
    *
    *
    o peão não pode ter todos os parafusos no lugar, né? pra continuar escutando isso.
    hahahahahaha.
    *
    *
    passou de três minutos de solo, é rock progressivo, claro que sim. como não. detesto.detesto muito.

  4. dita, nós duas somos a prova viva de que coerência não existe no nosso mundo. onde já se viu detestar rock progressivo e gostar de 14 bis? me sinto tão em casa contigo. me sinto entre os meus. te amo. bjs! 🙂

  5. professor feliz?

    E eu que outro dia, passando no corredor da faculdade ouvi:
    “Lá vai o professor que não tem cara de professor”

    não sei se foi elogio ou crítica mordaz….

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s