Diálogos insólitos

Este é um post patrocinado pela H*eineken e por algumas piñas coladas…

******************************

C: Ai, amiga, ando sentindo falta de dormir com alguém, sabe? Alguém pra abraçar de noite…

D: Sei…

C: É, mas o problema é que eu enjôo rápido, então eu queria que quando eu ficasse de saco cheio de melação romântica a pessoa pegasse as coisinhas e se mandasse. Não seria ótimo?

D: C*, não viaja na maionese. Você quer apenas isso, né? Alguém aberto, liberal, que durma de conchinha e que te deixe sozinha quando você quiser?

C: Claro, ué? Não é simples?

D: Amiga, aprende. Seria mais fácil você arrumar um homem rico. Não é que isso que você queira não exista. Existe. E se chama ‘garoto de programa’. Entendeu?

*********************************

Hoje tenho a certeza de que vou dormir tendo aprendido mais alguma coisa na vida…

Advertisements

17 Comments

Filed under Uncategorized

17 responses to “Diálogos insólitos

  1. sua amiga está certíssimaaaaa.
    bjs

  2. poxa, ju, você também?? eu só queria alguém pra ir ao cinema, andar de mão dada, mas que fosse pra casa e me deixasse em paz quando a brincadeira perdesse a graça. e olha que eu nem sabia que isso era mercadoria inexistente, hahahahahaha. como diz a debs, lá do filhas do dono, é no meio dos bão que a gente aprende o mió, e os meus amigos vivem me ensinando coisas. eu sou bem bobinha mesmo, rs. beijins!

  3. É exatamente esse o sentido da frase famosa de Jack Nicholson, bon vivant e notório putanheiro:

    “Você não paga uma prostituta pra ela transar com você. Você paga pra ela ir embora depois”.

  4. Gulossita

    Nós duas é que temos os vizinhos errados ! 🙂

  5. Gulossita

    Achei uma fotinho que lembra a briga entre voce e seu lado magro, me responde por email qual email posso te mandar ?

  6. Lídia

    Cris,tirou daqui ó…é exatamente esse o meu sentimento.Acho que não dou conta mais de ninguém invadindo minha privacidade.
    Agora,quanto ao fato de ser um “garoto de programa” a solução,aí já pegou pesado.Não tô preparada pra isto.
    Bjs.Adoro seu blog.Te sigo tb no Twitter.
    Lídia.

  7. Ai já tive relacionamentos exatamente dessa forma. Tão bom!!! O melhor de tudo é q não tem choro nem briga, nem raivinha. Isso aí q vc escreveu é meu ideal de relacionamento, mesmo q pareça egoísta e tudo e tal.
    Bjokinhas ^^

  8. eu até escrevi sobre isso, só exagerei um pouco nos preços… kkk
    mas ó, ótima opção pra muita coisa, inclusive o fato de não ter outra escova de dentes, lavar roupas masculinas e etc e tal, além das ‘dificuldades’ q surgem com a p* da intimidade.
    beijos

  9. marcus, já tinha lido essa frase, acho que no livro do Dória. Meu problema é que eu gosto de romantismo só até a página 5, hahahahaha. bjs.

  10. gulossita, você quer dizer que se eu tivesse um vizinho ‘bão’ podia mandar ele pra casa depois, é isso? ah, aqui nem rola. só tem crente morando no meu prédio, so-cor-ro!!!!

    🙂

  11. oi, Lídia!! olha, você disse tudo. eu amo chegar em casa e dar de cara só com meu filho, a gata e a cachorra. eu adoro gente, mas preciso ficar sozinha em casa. depois de ser casada por duas vezes, eu não divido meu espaço com mais ninguém! [e, olha, eu nunca experimentei garoto de programa, mas também não digo ‘dessa água…’]. bjs!!

  12. ah, karol, a tal da DR é que mata, né? eu tô fora disso. não acho que seja egoísmo, não. bjs, flor.

  13. ju, lavar roupas masculinas nunca esteve no meu rol de atividades, hahahahahaha. eu lavo as do meu filho, e olhe lá! o meu apartamento é grande, é bonitinho e é só meu. e vai continuar sendo, porque toalha molhada em cima da cama e cueca no chão não dá. melhor pagar o preço que for pro sujeito ir embora, néam?

  14. menina, eu ainda prefiro o casual sem ter q pagar né, pq a conta bancária não está pra isso…
    bjs

  15. Humm, e garoto de programa não vai a cinema de mão dada? 🙂 Acho que se você encontrar um carinha assim, que vai andar de mão dada com você, dormir abraçadinho mas te deixar sozinha quando você quiser e realizar todos os seus desejos, você que não vai querer que ele vá embora nunca mais… Porque ele vai ser ideal, e daí o lance é que não vai ser mais o que você quer…Lembra do discurso do Kevin Space no David Gale? 😉

  16. aprende comigo então, outra coisa: arranja um namorado à distância.
    no seu caso, acho que um ali por volta de curitiba tá de bom tamanho.

  17. ih, ruiva, tá difícil. o único que eu conheço ali por aquelas bandas tem 21 anos. e já tem dona, ahuahauauhuahuaha.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s