O dia D

Foi assim. Um monte de gente se manifestou. Ligou. Mandou email.

Logo cedo ele falou comigo e me deu os parabéns. Foi o primeiro [porque a gente é do tipo que acorda antes das 6]. Depois ligaram amigos de longe: uma amiga de Portugal, esse moço aqui e mais esse, tão fofo, ficou um bom tempo no celular e eu preocupadíssima com a conta [dele, claro]. Aí esse menino aqui que eu amo me liga pra me dar os parabéns e pra gente combinar os detalhes da nossa viagem pra Sumpaulo. O ex namorado ligou antes das 7 e meia da manhã. Meus pais, meu irmão. Enfim, quem não ligou mandou scrap no Orkut e DM no Twitter, que ninguém tá aqui pra perder tempo, né? Mas eu não comecei esse post pra dizer o quanto eu sou linda, maravilhosa e amada [hahahahaha]. É só pra contar do meu fiasco como bebedora.

Durante o dia teve comemoração lá no trabalho – onde eu fiquei o dia todo, diga-se de passagem. Bolinho, parabéns, ‘Cristiane, eu vou comer seu bolo’ e outras coisas tão agradáveis quanto. Daí que um amigo me chama pra tomar alguma coisa antes de eu ir dar aula à noite. Porque ele tinha comprado presentinho e tals. E eu fui. Porque de comemoração só haveria bolinho no trabalho e pizza com filho e a namorada do filho à noite. E tomei com esse amigo – agora vejam que vergonha – duas [repetindo duas] taças de vinho. Um tinto seco muito bom. O problema não estava no vinho, é bom que se diga. Mas eu fiquei torta literalmente. E devo estar ficando doida de contar isso aqui, mas é que eu já me acostumei a não levar nada a sério nessa vida.

Resultado prático: como meu super-ego tira férias quando um mínimo de álcool entra na minha corrente sanguínea, não tive como dar aula. Tive que ir pra casa e, tão logo cheguei, me joguei na cama de roupa e tudo [porque, para o bem da minha dignidade, eu sou aquele tipo de bêbada que vai pra casa e dorme; não fico enchendo o saco de ninguém]. Daí dormi até às 3 da manhã. Então acordei, tomei banho e conversei um pouquinho com ele no MSN. Ele me contou do novo empreendimento bloguístico dele [o qual, aliás, é hilário]. Agora de manhã, o filho me conta que várias pessoas ligaram, inclusive minha irmã, que mora em Brasília, minha amiguinha fófis e mais alguns amigos aqui do Rio. E eu lá. Dormindo.

Agora eu tenho um problema. O que vou dizer aos alunos no email que tenho que mandar a eles pra me desculpar? Socorro, né. Tô velha demais pra isso. Aliás, pra isso eu me sinto mais velha que a dona Cleo. E estou aceitando sugestões.

=)

Advertisements

18 Comments

Filed under Uncategorized

18 responses to “O dia D

  1. Parabéns [again], só pq eu te amo.
    beijos

  2. velho segredo de comer antes de beber e se poupar de tais vergonhas… 😉

    e ser um dos alunos na tua hipotética aula bêbada seria muito hilário… pena que vc não deu a oportunidade para a galera gravar e tacar no youtube…

    brincadeiras a parte, feliz aniversário!

  3. querido, mas eu comi. e tomei água junto com tudo. e não adiantou, né. quando a pessoa não nasce pra cousa, a pessoa não nasce pra cousa e pronto.

    e você é lindo de ter conversado tanto ontem comigo, obrigada e beijos [de novo!]

    😉

  4. ju, linda, também te amo! obrigada obrigada e obrigada.

    🙂

    beijos!

  5. Tina Lopes

    Como assim? Não é hoje, junto com o meu? Uai. Parabéns atrasado entonces. Da amiga retardada pra datas. Afe. Bjk.

  6. acorda, tina! o meu foi ontem. e foi essa vergonheira aí, ahauauauhuahuha. libriano é um bicho pra lá de lesado, né não?

    🙂

  7. Ah, Cris, eu esqueci! Sorry desculpe perdão misericórdia.
    Esqueci.
    Posso compensar? E mandar tudo o que mais há de iluminado neste universo e nos outros pra você?
    Hein? Posso?
    Deixa, vai.

  8. hahahahaha, suzana. desculpas aceitas, desde que a gente saia pra almoçar, ouquei? [hohohoho, sim, eu sou chantagista!]

    🙂 bjs

  9. eu, como já era de se esperar, “si isquicí” né cris?
    =//
    pra tu ver que as vezes nem o orkut me salva da falta de memória.

    desculpa aí. foi mal.
    mas dou um abraço pessoalmente no sabado.

    beijos.

  10. que abraço nada, ruiva. cadê o MEU presente, hein? hohohohohoho.

  11. fica na tua aí, que já que surrupiou o meu, aquilo lá fica como sendo seu. hahahaha.
    biscatona.

  12. Parabéns, guria! RP especial de aniversário pra ti.
    Especial e difamatória, como deveria “de” ser.

    Te adoro!

  13. Arthur

    Hahahahahahahahaha

    Pode deixar, eu passo o meu conhecimento etílico para vc.

    E a gente se vê no fim de semana.

  14. brigada, pedreiro. beijos!

  15. hahahahaha, tô precisando, thur. inté sábado. bjs

  16. Hehe, um engov antes e outro depois mulher 😉
    Não tem aniversário que resista! Achou desculpa pro email pros alunos?
    Que tal falar que comeu algo estragado e passou a noite no banheiro? Capaz de ainda ganhar a simpatia deles! Hehe.

    *to indo pro Brasil também, mas tô indo ficar no colinho da mamãe em Sampa! Planos de ir pra lá em Dezembro de novo?*

  17. Quando vc vier vou esconder a cachaça, senão vc acaba com a despensa aqui de casa.

  18. Ah, então foi isso! Vc é mais fraquinha pra bebida que eu…rsrsrs
    Passando so agora pelo blog, pq, embora não tenha voltado para o trabalho, peguei um frila de urgência e essa semana tô louca trabalhando nele.
    Vejo vc loguinho!
    Beijos

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s