Da arte de se fingir de morta

Sacumé, tem gente [gato também é gente, não sabiam?] que sabe fazer charme. Aprendam, crianças.

Advertisements

9 Comments

Filed under Uncategorized

9 responses to “Da arte de se fingir de morta

  1. CariocaExilado

    Pensei que o seu blog era “censura livre”, aberto ao público de todas as idades. Pelo visto me enganei.

    Você fotografou as partes pudendas de uma gatinha indefesa enquanto ela repousava desavisadamente curtindo o merecido sono dos justos nos braços de Morfeu.

    Sua pervertida!

    Rs.

  2. ah, vai nem tá aparecendo nada. além do mais, ela vendeu os direitos de comercialização da imagem. portanto, já era!! hahahahahaha

  3. Su

    Eu não consigo pensar em outra coisa senão… “meu Deus, que gata gorda!”hahahahahaha! Linda ela. Beijos!

  4. parece de pelúcia né?
    dá vontade de apertar e fazer de travesseiro…
    bjs

  5. B.

    Isso que eu chamo de uma “xana gorda”! rs…

  6. CariocaExilado

    Uma xana gorda e peluda, isso sim!

  7. hahahahaha, ‘xana gorda e peluda’ foi ótimo. sim, ju, ela parece de pelúcia. eu gosto mesmo é de fazer carinho na barriguinha rosa. delícia 🙂

  8. Hellen

    Gente, mas comofaz com uma gata goooorda e dilícia dessas?

    Ô vontade de apertar!!!!

  9. Eu sei me fingir de invísivel, serve? =D

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s